skip to Main Content
IoT-no-e-commerce

IoT no e-commerce: o impacto da Internet das Coisas

Há poucos anos, imaginar um mundo totalmente conectado à internet e interligado era coisa de ficção científica. Atualmente, esse cenário não apenas se tornou realidade, como também integrá-lo está cada vez mais acessível.

A Internet das Coisas, conhecida também pela sigla IoT (Internet of Things), é um conceito que revoluciona o consumo e o cotidiano. A partir do momento em que diversos dispositivos, do carro à cafeteira, estão conectados na internet e possuem a capacidade de “conversar” entre si, o varejo digital e físico passa por mudanças.

Para te ajudar a entender o que está acontecendo no ramo e como a IoT influencia e influenciará o futuro de seu negócio, continue a leitura!

Análise de mercado

A IoT no e-commerce ajuda as empresas a analisar o mercado e a conhecer as demandas dos clientes para oferecer o que eles querem e, assim, se destacar da concorrência.

Os dados serão usados cada vez mais para obter informações sobre estilo de vida, hábitos e padrões de consumo para criar campanhas de marketing personalizadas.

Gestão de estoque

As soluções de IoT poderão permitir a integração de toda a cadeia do varejo, do pré ao pós-venda, e, a partir de sensores, a análise de todo o funcionamento do negócio, com a antecipação de eventos que possam afetar os resultados do período.

As etiquetas eletrônicas equipadas com chip, por exemplo, poderão rastrear os produtos, possibilitando um controle mais efetivo e em tempo real. Itens mais vendidos, velocidade de giro, nível de estoque e mercadorias com vendas em baixa serão informações acessadas rapidamente para tomadas de decisão.

iot-no-e-commerce
Aplicação da IoT no e-commerce: controle de estoque automatizado.

Os chips também vão fornecer e armazenar, automaticamente, data de validade, nome do fabricante, tipo de produto e número do lote. São dados úteis para que os funcionários encontrem rapidamente um produto e façam previsões de vendas futuras.

Controle das condições do ambiente

Sensores de IoT terão a função de controlar temperatura e umidade de depósitos, enviando alertas em condições adversas. O monitoramento dessas medidas é primordial para armazéns de produtos perecíveis.

Outra funcionalidade se aplica à manutenção de equipamentos do depósito, como empilhadeiras, guindastes, paleteiras e esteiras. Os sensores poderão examinar os aparelhos preventivamente para reduzir a perda de produtividade.

Entrega de pedidos

No varejo, a Internet das Coisas poderá ser usada para aprimorar a experiência do usuário durante o processo de entrega dos pedidos. O consumidor receberá uma mensagem automatizada com o status do pacote de forma que saiba detalhadamente onde ele está e qual a previsão de entrega, com dia e horário, para que possa se programar para receber.

Uso de HomeKits

Os HomeKits, como Amazon Echo, Google Home e Apple HomePod, já são populares no exterior e, aos poucos, vêm adentrando nos lares brasileiros.

Esses dispositivos prometem revolucionar a forma com que as pessoas lidam com a própria casa. A partir deles, com as adaptações necessárias, é possível desde programar sua torradeira para começar a funcionar em um horário específico até fazer compras por comandos de voz.

iot-no-e-commerce
Os HomeKits vêm transformando a forma como as pessoas se relacionam com a própria casa.

Wearables

O uso de dispositivos vestíveis, conhecidos também como wearables, já estão se popularizando no Brasil, a exemplo de smartwatches e pulseiras inteligentes, o que abre novas portas para os e-commerces.

IoT no e-commerce - wearables
Smartwatches e pulseiras inteligentes já são uma realidade no Brasil.

O impacto desses dispositivos atinge menos as compras e mais as formas de comprar. Atualmente, as principais marcas têm suporte para pagamento por smartwatches, que torna esse processo mais rápido e seguro, visto que não é necessário sair de casa com cartões e nem dinheiro vivo.

Utilidades domésticas

Alguns eletrodomésticos já aparecem em suas versões inteligentes. As geladeiras smart fridges reproduzem mídia, organizam o calendário e as tarefas dos moradores da casa, acompanham a data de validade dos produtos e enviam mensagens para os membros da família, informando que é hora de comprar mantimentos.

A popularização desses aparelhos dará um novo campo de atuação para e-commerces, especialmente os supermercados online.

A IoT no e-commerce vem para revolucionar o funcionamento do varejo, abrindo uma gama de oportunidades. Quer receber dicas de e-commerce e marketing digital todas as semanas? Assine a nossa newsletter, preenchendo o formulário abaixo!


Compartilhe:

Redação - Nação Digital

Redação da Nação Digital, agência de Inbound Commerce.

This Post Has 0 Comments

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top