skip to Main Content
Case De Mídia Paga

Nação Digital: estratégias de sucesso em mídia paga – Parte I

A Nação Digital está em busca constante por novas formas de alcançar mais resultados. Tal esforço garante crescimento e economia para os seus clientes, graças à procura incessante por estratégias inteligentes e inovadoras.

No período entre abril e maio, a equipe de performance implementou diversas otimizações no Facebook Ads, plataforma de gerenciamento de anúncios para Facebook e Instagram.

Com estratégias de sucesso, a Nação Digital conquistou ROIs (retornos sobre investimento) para seus clientes muito acima da média nacional. Atualmente, o ROI varia entre 8 a 41, ou seja, a cada um real gasto com mídia paga, entrega-se entre R$ 8 a R$ 41 reais de lucro bruto. Em comparação, a média nacional fica apenas entre 6 a 8.

Apresentaremos em uma série de posts quais otimizações geraram esses resultados incríveis. Continue a leitura!

Otimizações no Facebook Ads

Ao ver um mesmo anúncio diversas vezes, é comum que uma pessoa não preste mais a atenção nele. Para driblar a fadiga dos usuários, foram criadas três variações de um mesmo anúncio, o que resultou em um aumento nas conversões e ainda uma diminuição drástica dos custos por compras (CPA).

Outra otimização que se mostrou eficaz foi a aplicação do funil de interesse nas campanhas. A técnica se inicia na criação de um público amplo na rede social, contendo todos que interagiram com a página do cliente nos últimos 365 dias. Em paralelo, é feito também outro público de acordo com a base de leads dos clientes.

Com os públicos definidos, são desenvolvidas campanhas distintas com objetivo de identificar um novo consumidor, que esteja mais propenso à conversão. Isso é feito a partir de análises dos resultados de cada campanha, montando um público mais imediatista e pronto para a compra.

Remarketing no Facebook

Melhorar as segmentações de remarketing no Facebook também faz parte dos objetivos de mídia. Para isso, cria-se um funil completo com visitantes do site em diferentes períodos, de 180 a um dia. Fazendo isso, o resultado são diversos conjuntos de anúncios: 180 dias, 90, 60, 30, 16, 7 e 1. Essas são as campanhas que consomem menos verba e entregam o melhor CPA.

Outra estratégia utilizada são os eventos de exclusão. Nela, cria-se um conjunto de anúncios para pessoas que visitaram o site ou adicionaram produtos no carrinho, mas não fecharam a compra. Excluindo todos que já compraram, os anúncios podem ser focados somente nos interessados que ainda não converteram.

Também foi dado maior ênfase em anúncios via Instagram Ads e Audience Network, gerenciados pelo Facebook, com veiculação nos inventários do Instagram. Essa estratégia resultou em um crescimento considerável dos resultados via Instagram.

Case de mídia paga

Expertise Macro

Antes de tirar qualquer conclusão, foram testados todos os tipos de anúncios possíveis para os clientes que entraram na agência.

Ao estruturar as contas, divide-se o processo entre dois profissionais: um vai criar o planejamento estratégico com base no segmento, cliente e objetivo, e o outro buscará as melhores oportunidades em termos de busca, demografia e geografia.

Ambas análises são tomadas como base para estruturação de campanhas de Rede de Pesquisa, Display e Google Shopping, inicialmente.

Após a estruturação, os deadlines são marcados, e após ao menos duas análises em 15 dias, dentro de no máximo um mês, a estrutura definitiva toma forma com base nos resultados e nas palavras-chave.

Google Shopping

Estratégias de afunilamento são usadas para o Google Shopping, dividindo ao máximo as campanhas por pontos potenciais. Alguns desses pontos são localização, segmento, categoria de produto, entre outros.

Além disso, são definidas deadlines para análises cuidadosas dos primeiros resultados para, assim, tomarmos decisões de lances específicos por Públicos, Dispositivos e Locais.

Case de mídia paga

Tudo isso combinado aos monitoramentos diários de pontos críticos, como orçamento, desempenho e custos, e semanais de palavras-chave, o que implica em manutenção das mesmas (negativação, adição ou exclusão de palavras).

Um fator importante é que foi automatizado somente aquilo que mostra estabilidade e foi dada prioridade para alterações feitas com o olhar do próprio profissional.

Além disso, organizamos ao máximo a estrutura do Google Merchant para criar um bom feed. O cliente recebe regularmente feedback de boas práticas para melhorias de aspectos importantes para um bom posicionamento nas pesquisas.

Exemplos

Cliente: Tudo de Bicho
Segmento: Pet
Estratégia de Shopping: campanhas separadas por produtos comprovadamente competitivos para o cliente (os mais vendidos) e campanha macro para gatos e cachorros, dividida em grupos de anúncios específicos para cada pet, cada qual com seus produtos.

Isso facilita a análise, aplicação de estratégias segmentadas e percepção imediata de “SWOT”. Além disso, definimos as prioridades das campanhas de acordo com os produtos expostos.

As campanhas de Shopping para a Tudo de Bicho representaram 45% das compras logo no primeiro mês em que estiveram rodando.

Cliente: D1 Fitness
Segmento: Fitness
Estratégia de Shopping: campanhas separadas por modalidades esportivas e categorias do site. Com teste A/B, é possível decidir qual a melhor maneira de organizar os produtos dentro da ferramenta para que, com base nos resultados, sejam feitas otimizações precisas nas métricas que mais influenciam o resultado.

Display

A percepção acerca desse tipo de anúncio costuma ser equivocada. Devido ao processo de saturação de exposição de displays na fase de “boom” da internet, ocorreu um sentimento natural de ignorarmos esse tipo de publicidade.

Porém, com as novas atualizações do Google Ads, conhecido anteriormente como Google Adwords, as configurações para anúncios de display tornaram-se mais atrativas e estratégicas.

Tendo isso em mente, a Nação Digital traçou diversos tipos de estratégias, acreditando que um display, quando bem estudado, tende a ser um bom anúncio. Elas são focadas, em sua maioria, em remarketing para públicos diversos, tratados de maneira individual.

Exemplo

Cliente: Digitale Têxtil
Segmento: Têxtil
Estratégia de Display:

1. A primeiro momento, criou-se públicos-alvo para entender até que ponto poderia ser trabalhado agrupamentos específicos.

2. Exemplos de públicos: abandonaram o carrinho, visitantes recorrentes que não compraram, compradores.

3. Cada público foi impactado por diferentes mensagens no display. O pensamento por trás disso é o “funil de vendas”, em que entende-se que nem todos os acessos ao site são, necessariamente, o mesmo estágio de compra.

4. Para Carrinho Abandonado oferece-se cupons de desconto, incentivando que voltem ao site e finalizem a compra. Para visitantes recorrentes, veiculam-se anúncios que mostram bons aspectos que favorecem a decisão de compra, como frete grátis, descontos em boleto, limite de parcelamento sem juros e outros. Todos esses anúncios são acompanhados de um CTA criativo e pouco texto.

5. Além disso, para aumentar o tráfego qualificado para o site, anúncios com novidades da loja são veiculados, impactando um público novo, de acordo com seu interesse no mercado ou palavras-chave e os visitantes do site que não compraram ainda.

6. Essas campanhas são veiculadas também no Gmail, com a mesma base de configuração.

Antes de iniciar o investimento em campanhas de display no mês de abril, por exemplo, o ROI do cliente dentro do Adwords era de 0,4. A partir de maio, esses números passaram a subir de forma significativa, chegando a 9,5 no mês de junho e 14,9 até a terceira semana de julho. No total, o custo por conversão caiu quase 75% durante esse período. Ou seja, o número de conversões em abril foi maior, mas o ticket médio da conta subiu e as pessoas estão voltando para recompra.

Gostou do conteúdo? Assine nossa newsletter e receba a segunda parte do conteúdo diretamente em seu e-mail!


Compartilhe:

Redação - Nação Digital

Redação da Nação Digital, agência de Inbound Commerce.

This Post Has 0 Comments

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top