Ícone do site Blog da Nação Digital

13 dicas para criar título do e-mail marketing e incentivar abertura e cliques

título-do-e-mail

Este conteúdo foi atualizado em: 01/10/2021

Nossa caixa de e-mail está cada vez mais lotada. Mensagens de amigos, colegas de trabalho, redes sociais, lojas virtuais, petições e spams. O tempo corre e as pessoas não param mais para ler tudo o que recebem. Está difícil, mas não é impossível se destacar. Um título do e-mail interessante tem alto poder de atrair a atenção do leitor. 

A seguir, você confere 13 dicas para deixar o título do e-mail mais atraente para engajar o seu público e falar com ele da melhor forma possível.

1. Alinhe o título do e-mail com o conteúdo

O título é importante, pois é por ele que o destinatário vai ter o primeiro contato com o que você quer entregar. Ele também serve para anunciar o conteúdo do e-mail. A frase do assunto, alinhada com o conteúdo, vai criar confiança para que o leitor abra ou não a mensagem. O importante é sempre resumir no título do e-mail exatamente o que o seu conteúdo quer passar.

2. Seja claro e objetivo

Seja objetivo e claro. O leitor deve entender pelo título do que se trata o conteúdo do e-mail. Se o assunto for curto, melhor ainda. Se for grande demais, pode ser cortado em algumas ferramentas de e-mail, fazendo com que o usuário perca o interesse. 

O título do e-mail deve ser coerente com o conteúdo da mensagem e pode trazer novidades, descontos ou informações sobre a marca.

3. Crie listas para chamar a atenção

Os títulos que usam listas são objetivos e permitem ao destinatário ir direto ao ponto. O usuário vai encontrar no conteúdo exatamente o que tem no assunto.

Vai fazer uma campanha de e-mail para o Dia dos Namorados? Use algo como “10 dicas de presente para agradar a pessoa amada”.

4. Use perguntas no título

Perguntas geram curiosidade e são uma ótima forma de abordar o leitor, principalmente se a mensagem trouxer uma necessidade. Uma pergunta vai fazer o destinatário interagir com o seu conteúdo antes mesmo de clicar no e-mail. Por exemplo, às vésperas de um novo filme do Star Wars, você dispara “Você já escolheu o seu lado da força?”. Provavelmente, os fãs da franquia vão clicar na mensagem, fazendo com que suas taxas de abertura subam. 

5. Anuncie descontos

Muitos consumidores ficam de olho em descontos e cupons, e, quando eles são enviados por e-mail e anunciados já no título, se tornam um gatilho e tanto para incentivar a compra no site. 

Se o leitor já visitou um produto no seu e-commerce e não comprou, pode ser a hora certa de voltar a abordá-lo com o desconto para um produto ou uma categoria. 

Vamos aos exemplos: “Só hoje! 10% de desconto em todos os celulares da loja”, “Flash Sale! Corre, é só por 24h!” ou ainda “Até 20% off: tudo o que seu cachorro precisa!”. Esses descontos vão chamar a atenção na caixa de entrada e incentivar abertura e clique.

6. Chame atenção com palavras de destaque

Além das dicas anteriores, o assunto do e-mail pode conter palavras-chave essenciais para destacar a mensagem. Alguns termos que você pode usar para atrair e prender a atenção são: 

Uma dica importante: use essas palavras com os testes A/B para que você possa analisar quais performaram melhor e quais não chamaram tanto a atenção da sua base. 

7. Comunique as novidades

Novidades chamam muita atenção, e o consumidor, em geral, sempre está pesquisando algum produto novo. Aproveite esse “ambiente” para construir uma estratégia de e-mail marketing para divulgar a coleção de verão ou de inverno, uma mercadoria ou um serviço recém-lançado ou para anunciar uma pré-venda. 

Veja alguns exemplos de títulos que geram mais abertura: “Acabou de chegar! Collab com (nome da marca/pessoa)”, “Vem aí (nome do produto/serviço)”, “Nova coleção Verão 2022”.

8. Aborde a gratuidade da entrega

Grátis. Sempre que essa palavra é usada, a possibilidade do seu e-mail virar um spam aumenta. Não se preocupe! Você pode chamar a atenção sem cair no spam, usando termos complementares, como: “Sensacional! Sem cobrança de frete esta semana”, “Acaba hoje! Frete grátis para todos os pedidos” ou “É frete grátis que vc quer? Então vem!” 

Note que, no exemplo, reduzimos “você” para “vc” justamente para permanecer dentro do número limite de caracteres das ferramentas de e-mail. Se esse tom de voz fizer sentido para a sua persona, não tem por que não usar.  

9. Seja pessoal, use o nome

Sempre que você escuta alguém te chamando pelo nome, você vira. No e-mail, não é diferente e, por isso, essa abordagem também chama a atenção. 

Usar o nome do destinatário no título do e-mail marketing vai tornar a conversa mais próxima e com um tom de voz personalizado. Exemplos: “André, reservamos o que você tanto queria” ou “Carla, você também ama ouvir música?”

10. Trabalhe a escassez e a urgência

O gatilho da escassez funciona muito bem, pois as pessoas têm medo de perder uma grande oportunidade. Experimente criar títulos com frases e termos que sinalizem esse contexto, como: peças limitadas, última oportunidade, está acabando, só por 24h, importante, entre outras. 

11. Aguce a curiosidade

Você não precisa ser claro e direto o tempo todo no título do e-mail marketing. Adicione, de vez em quando, um pouco de curiosidade e suspense no assunto para incentivar a abertura da mensagem. 

Você pode prender a atenção do leitor de diversas formas: fazendo uma pergunta, prometendo alguma coisa interessante ou contando algo que soe diferente e incomum para ele. Quer exemplos? Vamos lá: 

12. Entregue solução para um problema

Se você conhece de verdade a sua persona, com certeza sabe quais são seus pontos fracos e suas dores. E é a partir delas que sua marca poderá criar títulos que estimulem a abertura das mensagens e os cliques nos botões. 

O assunto do e-mail que toca em algum ponto de necessidade da persona tem grandes chances de atingir ótimos resultados. Veja alguns exemplos: “5 organizadores de cozinha para deixar tudo no lugar”, “Como viajar de carro com cachorro de um jeito seguro”, “Aprenda a escolher o top perfeito para você” e “7 opções de marmita congelada para almoçar na semana”.

O que colocar no assunto do e-mail? Soluções para as dores da persona.

O que há em comum a todos esses exemplos? São e-mails informativos e que não têm, necessariamente, apelo em vendas. Eles entregam soluções que auxiliam o leitor, fazendo com que a sua marca seja lembrada também em outros aspectos além do comercial.  

13. Faça testes A/B

O teste A/B funciona para aferir a eficácia de títulos, conteúdos, dias e horários de disparos dos e-mails. Nessa metodologia, você vai gerar duas versões para ver quais delas geram melhores resultados. 

Uma dica valiosa para quem vai fazer a primeira testagem: avalie apenas uma variável de cada vez. Você pode testar dois títulos de e-mails diferentes e observar qual deles terá maior taxa de abertura, por exemplo. 

Confira alguns exemplos de testes A/B que você pode rodar (não se esqueça: um de cada vez):

Para fazer a testagem, selecione uma parte dos contatos para receber a versão A e outra fatia para receber a versão B. Escolha também por quanto tempo medir os resultados e, depois, analise qual opção performou melhor na métrica que você estava objetivando, seja ela abertura ou cliques.

Boas práticas para criar títulos de e-mail

Existem algumas dicas que podem ser aplicadas a praticamente todos os tipos de assunto do e-mail. Saiba quais são!

Escreva títulos curtos

O limite de caracteres varia entre as ferramentas de e-mail, mas a recomendação é criar assuntos com, no máximo, 50 caracteres (contando com os espaços).

Conheça o seu público

Seus títulos ficarão melhores à medida que você sabe como a sua base se comporta e quais tipos de conteúdo mais gosta. Dedique tempo para estudar a sua persona e, assim, ser mais assertivo no e-mail marketing. 

Não destoe o tom de voz

A comunicação por e-mail deve ser a mesma utilizada nas redes sociais e no blog. Se você conversa com tom humorado com seu público em outro canal, aplique a mesma entonação nos e-mails. Isso vai dar uniformidade para a sua mensagem e permitir que você seja reconhecido em todos os meios. 

Utilize calls to action

Você não precisa restringir os calls to action (CTAs) ao conteúdo da mensagem. Sendo assim, experimente fazer uma chamada para a ação logo no título do e-mail. Depois, verifique como foram as taxas de abertura e se a tentativa valeu a pena.  

Aproveite todas essas dicas e implemente testes para conhecer melhor como o seu público reage com cada abordagem no título do e-mail.

Se precisar de uma visão mais estratégica sobre suas campanhas de e-mail marketing, entre em contato com a Nação Digital e solicite uma avaliação gratuita. Clique no banner abaixo!

Compartilhe:
Sair da versão mobile